quinta-feira, maio 29, 2008

Firefox 3 RC1


Acabei de descobrir que já tem o RC1 para download.

Tudo sobre o RC1(Inglês): http://br.mozdev.org/firefox/fx3.html

Tudo sobre o RC1 em Português: http://br.mozdev.org/drupal/2008/05/firefox-3-rc1#fx3rc1-download

Conheça as novidades do Firefox 3 em Português: http://br.mozdev.org/firefox/fx3.html

Download em varias línguas: http://www.mozilla.com/en-US/firefox/all-rc.html

Firefox 3 Beta 5


Já esta disponivel para download, o Browser(Navegador de Internet) Firefox 4 Beta 5.

Ao meu ver, ele esta mais estavél que os outros betas, que apresentavam varios erros.

Abaixo segue o link do site oficial, e o link para a pagina com as novidades do Beta 5.

http://www.mozilla.com/en-US/firefox/3.0b5/whatsnew/

http://br.mozdev.org/drupal/2008/04/firefox-3-beta-5#fx3b5-download - Português.

http://br.mozdev.org/firefox/botoes/ - Botões

sexta-feira, maio 16, 2008

SAMBA - Montando unidades sem pedir senha

Estou fazendo alguns Scripts de backup, que precisam ser montadas algumas unidades no servidor de arquivos, mas como existe um controlador de dominio, que por sua vez solicita LOGIN e PASSWORD, fica complicado colocar a senha no Script, e também muito inseguro.

A solução é bem simples, vou explicar como funciona e depois, mostrarei os locais de configuração, e como configurar os parametros.

Você vai deixar setado o login e senha em um arquivo do sistema o LOGIN, PASSWORD, SERVER e COMPARTILHAMENTO a ser acessado.
Na linha do script, você vai precisar colocar apenas o usúario, servidor e compartilhamento a ser acessado, sem a nescessidade da senha, pois ele verifica no arquivo do sistema a entrada para esse local a ser acessado.

Abaixo segue os procedimentos:

1. Edite o arquivo /etc/nsmb.conf

Você tem que adicionar 3 linhas conforme exemplo abaixo:


[NOME_DO_SERVIDOR:USUARIO:COMPARTILHAMENTO]
password=SENHA_DO_USUARIO_MENCIONADO_ACIMA
addr=IP_DO_SERVIDOR


Exemplo:

[fileserver:reginaldo:financeiro]
password=minhasenha
addr=192.168.1.100

Dica: Se o compartilhamento for oculto, coloque o $ no fim do nome do compartilhamento.


2. Linha de comando para montar o compartilhamento:
# mount_smbfs -I 192.168.1.100 //reginaldo@fileserver/financeiro /mnt/financeiro

Observe que não foi digitada nenhuma senha no comando, pois ele ira identificar automaticamente que a senha já está setada no arquivo /etc/nsmb.conf

Erros relacionados:
Erro:
mount_smbfs: unable to open connection: syserr = Authentication error

Esse erro acontece quando você tenta passar uma senha na linha de comando, conforme exemplo abaixo:
# mount_smbfs -I 192.168.1.100 //reginaldo:senha@fileserver/financeiro /mnt/financeiro
Grande abraço a todos.

quarta-feira, maio 14, 2008

Nokia N95 - Ver versão - View Version

Para ver a versão do seu software no Nokia N95 é bem simples.
Siga os procedimentos abaixo:

1. Digite a sequência de números: *#0000#. Conforme figura 1.
2. Veja a versão do seu software conforme figura 2.


Imagem 1


Imagem 2

Nokia N95 - Atualização - Update -

Hoje irei mostrar como fazer a atualização de software do seu Nokia N95.

Primeiro vá ao post "Nokia N95 - Ver versão - View Version", e verifique se seu celular está com o software atualizado.


O procedimento leva de 30 minutos a 1 hora.

Recursos nescessarios Instalados:
- Cabo USB do Celular
- Carregador do Celular
- Software PC Suite (Recomendo o mais atualizado)
- Nokia Software Updater(software de atualização)


Links de download:
- PC Suite: http://europe.nokia.com/pcsuite ou link direto http://europe.nokia.com/A4144905

- Nokia Software Updater: http://nds1.nokia.com/files/support/global/phones/software/NokiaSoftwareUpdaterSetup_en.exe

Vamos ao mais emocionante agora.

1. Inicie o programa PC Suite.
2. Conecte seu celular no computador com o cabo USB.
3. Conecte seu carregador no Celular e na Energia Eletrica.
4. Clique em Nokia PC Suite.
5. Faça o backup através do ícone de backup, que é um cofre.
6. Após ter feito o backup, clique no icone "Atualizar o Software do celular", é um ícone verde com uma flecha verde.
7. Siga os procedimentos nescessarios, e seu software esta atualizado.


Considerações Gerais:
Todos os dados são realmente apagados.
Os ícones mudaram sua organização.
Estou sentindo falta de alguns programas.
Alguns dos ícones ficaram mais bonitos.
A organização dos atalhos nos ícones ficou melhor, um pouco mais complicada de achar, mas acredito ser pelo fato de ser diferente, novos locais.

terça-feira, maio 13, 2008

Nokia N95 - Moving Ball

Achei algo bem interessante no Blog do "Samoth - Thomás da Costa", que é desenvolvedor de Games para celular.

É um recurso muito interessante, onde ele diz ser um acelerometro, iguais ao do Nintendo Wii.

Esse recurso pode ser utilizado para fazer jogos.

Abaixo segue 2 videos feitos por ele, mostrando o uso de uma API para desenvolvimento conhecida como S60 Sensor API, é exclusiva para o Symbian S60, tudo é em C++.



Revista Nokia - Nokia Magazines


Bom galera, voltei, ou melhor, estou aos poucos voltando.

Como acabei adquirindo um Nokia N95, resolvi vasculhar coisas sobre esse celular, que parece ser muito interessante.
O que motivou a procurar mais assunto sobre ele, é o fato de o pessoal da Pós ter adquirido um N95 para desenvolvimento de software.

Bom, vasculhando pela internet, estou descobrindo muito coisa interessante, e estarei postando mais conteúdo sobre o assunto.

Abaixo segue o link para alguns numeros da Revista Nokia, onde tem muita coisa nova interessante.

http://nokia.mederra.com/wft-trade/digipaper/magazine/808/
http://nokia.mederra.com/wft-trade/digipaper/magazine/692/

Breve mais edições.

Uma otima semana a todos.

segunda-feira, maio 05, 2008

Blumenau, Jaraguá, Joinville e Rio do Sul se unem em projeto inédito que dará apoio a empresas tecnológicas.

Quatro pólos catarinenses de tecnologia estão se unindo em torno de um projeto que visa fortalecer micro e pequenas empresas incubadas de base tecnológica. Batizada de Rota da Inovação de Santa Catarina, a iniciativa irá reunir quatro incubadoras – Instituto Gene/Furb, de Blumenau; Softville, de Joinville; GTec, de Rio do Sul; e JaraguaTec, de Jaraguá do Sul –, que terão a missão de promover uma melhoria significativa dos indicadores econômicos das cerca de 40 empresas que estarão envolvidas. Juntas, essas quatro cidades movimentam anualmente em torno de R$ 1 bilhão com o setor.


A Rota da Inovação pretende desenvolver uma interação entre as incubadoras com universidades, Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) e indústrias para ampliar a competitividade e o índice de sucesso de mercado das empresas incubadas. Através de ações de suporte técnico, serviços de consultoria, eventos e realização de treinamentos de capacitação dos mais de 100 profissionais envolvidos, o projeto espera aumentar de 75% para 95% o índice de sobrevivência das empresas participantes.

Segundo o coordenador do projeto,
Carlos Eduardo Negrão Bizzotto, a Rota da Inovação de Santa Catarina surge para chamar a atenção de agentes econômicos regionais sobre a importância do fortalecimento e da criação de uma identidade própria das micro e pequenas empresas incubadas de base tecnológica. “A consolidação da Rota da Inovação é a estratégia para ampliar a taxa de sucesso dessas empresas”, afirma Bizzotto, que lembra que a proposta atinge também as empresas que já passaram por incubadoras.

Para alcançar os resultados esperados, as incubadoras deverão implantar estratégias de aperfeiçoamento em gestão, marketing e comércio já aplicadas com sucesso no Instituto Gene/Furb, âncora do projeto. Uma delas é com relação à prospecção e atração de empreendimentos, através de mapeamento setorial, material de divulgação das incubadoras e workshops temáticos. “Consolidar os NITs como mecanismos para ampliar a capacidade de inovação e os Arranjos Produtivos Locais (APLs) para melhorar a competitividade das empresas também são outros objetivos da Rota da Inovação”, explica Bizzotto.

DESENVOLVIMENTO E ORIENTAÇÃO

Outra meta da Rota da Inovação é modernizar a gestão e a infra-estrutura das incubadoras com a aquisição de novos equipamentos, capacitação das equipes de gestão e implantação e aperfeiçoamento de um Sistema de Gestão Integrada entre elas, o que irá permitir o controle operacional, financeiro, administrativo e fiscal do projeto.

As empresas participantes do projeto irão receber orientações para aperfeiçoar os processos de desenvolvimento de negócios, como serviços de consultoria em design de produtos, planos financeiro, de marketing e de negócios, gestão da inovação e planejamento estratégico. “Também será avaliada, com base em normas internacionais, a qualidade dos processos, dos produtos e dos serviços prestados por elas”, esclarece Bizzotto.

VERBA LIBERADA

O projeto Rota da Inovação foi encaminhado à Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), que já liberou cerca de R$ 750 mil em recursos para ações de desenvolvimento de eventos, serviços de consultoria e realização de capacitação de profissionais através de treinamentos.

As cidades participantes

Blumenau
Pioneirismo e diversificação. Estas são as principais características de Blumenau, que foi a cidade que iniciou a história da informática em Santa Catarina. O município não conta com empresas de grande porte como a Datasul, de Joinville, mas se destaca por ser o que mais abriga empresas de base tecnológica no Estado – em torno de 500 –, o que garante uma grande diversificação na área. A cidade movimenta cerca de R$ 300 milhões ao ano com o setor.

Joinville
A maior cidade do Estado é também a que abriga algumas das maiores empresas de software da América Latina. A Revista S/A já deu grande destaque a Joinville pelo crescimento rápido do setor de software, que tem atraído profissionais de todo o Brasil. A Datasul, dona de 24% do mercado nacional de ERPs para empresas de médio porte, e a Logocenter, maior empresa de software da América Latina após a fusão com a Microsiga, de São Paulo, faturam cerca de R$ 670 milhões por ano. A cidade movimenta R$ 700 milhões anuais com o setor.

Rio do Sul e Jaraguá do Sul
Rio do Sul e Jaraguá do Sul ainda são bastante tímidas na área de TI e produção de softwares se comparadas a Blumenau e Joinville, dois grandes pólos do setor no Estado. O objetivo das duas cidades com a Rota da Inovação de Santa Catarina é inverter essa situação e alavancar a produção e o desenvolvimento de softwares.


Baixe o projeto completo

O Noticenter teve acesso ao PowerPoint da apresentação completa do projeto Rota da Inovação de Santa Catarina. Para fazer o download do arquivo, basta clicar no botão abaixo:



Matéria publicada em 19/03/2008

Fonte: Noticenter – www.noticenter.com.br

Open XML obtém certificação ISO


Open XML
O Comitê Técnico Conjunto da Organização Internacional de Padronização (ISO) e da Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC) finalizaram o processo formal para a certificação internacional ao Padrão Ecma Office Open XML.

Informações públicas indicam que a proposta do Padrão Open XML recebeu grande apoio das nações. De acordo com os documentos disponíveis na internet, 86% de todos os países que participaram do processo na ISO/IEC votaram a favor do formato. Segundo as regras da entidade internacional de padronização, para se obter uma certificação internacional é necessário ter 75% dos votos. Adicionalmente, os participantes dos organismos internacionais, conhecidos como membros-P, também apoiaram o Padrão Open XML. Nesse caso houve uma votação superior com 75% dos votos, sendo que bastavam 66,7% para garantir a aprovação. Agora, o Open XML passa a fazer parte dos padrões de formato de documentos abertos reconhecidos pela ISO e IEC, como o HTML, PDF e ODF.

Aqueles que trabalham com o Open XML podem atestar os benefícios desse formato de arquivo aberto nas áreas de gerenciamento de dados e arquivo, recuperação de dados, interoperabilidade com sistemas de linhas de negócios e a preservação de documentos a longo prazo. O Open XML é otimizado para o nível de precisão e detalhe que facilita o transporte de bilhões de documentos existentes. Os formatos de arquivo Open XML são capazes, de uma maneira exclusiva, de integrar outros tipos de sistemas e dados com documentos Open XML, ao mesmo tempo em que mantêm uma separação limpa e clara da apresentação (marcação Open XML) e dos dados (esquemas do cliente e instâncias do mesmo). Isso significa que as organizações podem usar formatos Open XML para elaborar relatórios de informações provenientes de outras aplicações e sistemas sem ter que traduzi-las primeiro. Isto é uma inovação chave para desenvolvedores que procuram incorporar informações de negócios em tempo real nos seus documentos ou para aqueles que procuram marcar documentos por "tag" com seus próprios sistemas de categorização, para aprimorar a compreensão dos conteúdos.

Fonte: MSDN Brasil Flash